Arquivo da categoria ‘receitas dicas

>DICAS E TRUQUES   Leave a comment

>Como eliminar cheiros desagradáveis:
Existe coisa pior que mau-hálito, cheiro de alho na boca ou nas mãos, chulé, suor, xixi de cachorro ou mofo? Nesses dias quentes então, é mais difícil de suportar.

Suor:
O cheiro de suor nesses dias quentes de verão faz qualquer um ficar intrigado sobre a vigência do desodorante. Ao invés de usar o desodorante, aplique leite de magnésia e deixe secar bem, mas se você já tem um desodorante de sua preferência, melhore sua ação colocando dentro do seu frasco 2 colheres (sopa) de água oxigenada 20 volumes.

Recipiente plástico:
Se o recipiente plástico onde você guardou o alho ou a cebola mantém um cheiro desagradável, experimente este truque: lave-o, forre-o com algumas folhas de jornal e feche a tampa.Espere alguns dias e lave novamente o recipiente.O cheiro desaparecerá por completo.

Fritura:
Para que a casa não fique com cheiro de fritura, coloque um pequeno recipiente com vinagre branco junto do fogão ou ferva ao mesmo tempo em que faz a fritura, uma casca de laranja em fogo brando.

Mau hálito:
Como primeira medida para tratar o mau hálito, nós o aconselhamos a adotar uma excelente higiene bucal (escovar bem os dentes e utilizar o fio dental todos os dias após as refeições) e efetuar escovação na língua (local favorito das bactérias). Segundo estudos, essa medida permite reduzir 50% do mau hálito.

O chá é outra alternativa para quem sofre de mau hálito. Um estudo, realizado por cientistas da Universidade de Illinois, concluiu que o uso do chá como ação contra o mau hálito se deve à presença de elementos conhecidos como polifenóis. Testes em laboratórios mostraram que os polifenóis reduzem o ritmo de desenvolvimento das bactérias responsáveis pelo mau hálito. O chá verde e os ricos em cafeína são os indicados.

Existem soluções paliativas para esse problema, como: mascar chicletes de menta ou chupar balas de menta sem açúcar; mascar chicletes ou chupar balas de clorofila (à venda em farmácias), mascar grãos de funcho ou salsa fresca para purificar o hálito, beber bastante água ou chás de hortelã (ou menta), para evitar o ressecamento da boca.

Porém se observar que o problema persiste apesar de tudo, consulte um dentista ou um médico, pois pode se tratar de uma infecção das gengivas, uma sinusite, ou mesmo algo de ordem estomacal.

Xixi:
Quando o cachorro fizer xixi no tapete, carpete ou no próprio piso, jogue um pouco de vinagre direto no local, esfregue um pano úmido com água e deixe secar.

Geladeira:
Para tirar cheiro da geladeira, limpe-a com um pouco de bicarbonato de sódio, ou com uma solução de água e vinagre e coloque um copinho com um cotonete embebido em baunilha, sua geladeira ficará com um cheiro delicioso.

Alguns cuidados podem prevenir o desenvolvimento desse cheiro de geladeira, como: guardar os alimentos e ligar a geladeira de novo. De 15 em 15 dias, deve-se dar aquela geral, descongelando e limpando o freezer (ou congelador). A borracha deve ser limpa apenas com um pano úmido e sabão de coco. Jamais passe álcool na borracha.

Para manter a qualidade da borracha, passe vaselina líquida após a limpeza. Todas essas dicas além de conservar a sua geladeira por mais tempo e ajudam também a gastar menos energia.
A temperatura da geladeira deve ser mantida no nível 5. Se a casa tiver muita gente e a porta for aberta várias vezes ao dia, é preciso aumentar para níveis 6 ou 7.

Peixe:
Para remover o cheiro de peixe nas mãos, basta esfregar limão em suas mãos e deixar agir por dois minutinhos, depois é só lavar com sabão e adeus cheiro de peixe.

Garrafa térmica:
Mau cheiro em garrafa térmica também é bem comum e acaba comprometendo até o sabor do nosso sagrado cafezinho. Para acabar com essa situação, coloque água bem quente e sal dentro da garrafa. Deixe descansar por dez minutos e depois lave normalmente.

Objetos guardados por muito tempo no armário:
Viagem programada, você vai pegar a mala e percebe que está com aquele cheiro típico de coisas que ficam guardadas no armário. Para eliminar o mau cheiro, coloque dentro da mala, por pelo menos 24 horas, uma latinha contendo pedaços de algodão umedecidos na colônia de sua preferência. Tampe a latinha (sua tampa deve ser toda furada) e feche bem a mala.

Mofo:
Saiba que alguns pedaços de giz ou saquinhos de cal podem evitar o mofo e remover o cheiro emmóveis de madeira. Porém se o móvel já estiver mofado e com cheiro, ferva um litro de vinagre e coloque a panela imediatamente dentro do móvel. Deixe a panela destampada e o móvel fechado. Esta panela deve ficar por duas horas no móvel para que o cheiro do vinagre se espalhe. Depois retire a vasilha e passe um pano molhado com o próprio vinagre, por dentro e por fora do móvel.

Cheiro de cachorro:
Um bom método para eliminar aquele “cheiro de cachorro”, é esfregar bicarbonato de sódio puro por todo o seu pêlo e pele.

Alho:
Se o cheiro de alho na boca está incomodando, isso pode ser facilmente resolvido se você tomar um copo de leite ou trincar alguns grãos de café com os dentes. Agora se o cheiro de alho está nas mãos, não as esfregue, simplesmente coloque-as debaixo de uma torneira com água corrente manuseando um objeto de aço inox e espere uns dois minutos, ou corte um limão ao meio e esfregue-o nas mãos durante uns minutos, pode ser batata ralada ou um galho de salsa (funciona bem também). Depois lave com sabonete sólido ou líquido e aquele cheiro forte desaparecerá.

Chulé:
O cheiro de chulé é muito desagradável e incômodo. Para evitar situações constrangedoras, sugiro banhar os pés à noite com água de anil bem forte ou lavar os pés toda noite com água morna e em seguida esfregar álcool canforado ou iodado. Pegue algumas pedrinhas de cânfora, coloque-as no álcool e depois aplique nos seus pés ( você encontrará facilmente em farmácias).
Não use o mesmo sapato todos os dias, ele precisa de pelo menos um dia para respirar e secar a transpiração que os pés deixaram nele. Procure evitar meias de material sintético que favorecem a proliferação de fungos e bactérias, o que acaba exalando o cheiro ruim.

Cigarro ou charuto:
Para eliminar o cheiro que o cigarro ou o charuto deixaram em um lugar fechado, a solução é pegar uma esponja (dessas macias que usamos na cozinha) e embeber em vinagre branco. Coloque dentro de um pratinho e deixe num canto qualquer do ambiente. Deixe agir por algum tempo, pois dessa forma o vinagre absorverá todo o cheiro da fumaça de cigarro do ambiente. Agora se o ambiente for pequeno, uma maçã furada com o garfo no canto da sala resolve, e melhor, fica com o perfume da fruta.

Para tirar o cheiro dos cinzeiros, lave-os com uma mistura de água e vinagre.

inblog.com.br/amelias
blogamelias

Anúncios

Publicado 6 de janeiro de 2010 por rosidamada em receitas dicas

>HISTÓRIA, ONDE TUDO COMEÇOU…   1 comment

>Os primeiros objetos feitos pelo homem eram artesanais. Isso pode ser identificado no período neolítico (6.000 a.C.) quando o homem aprendeu a polir a pedra, a fabricar a cerâmica como utensílio para armazenar e cozer alimentos, e descobriu a técnica de tecelagem das fibras animais e vegetais. O mesmo pode ser percebido no Brasil no mesmo período. Pesquisas permitiram identificar uma indústria lítica e fabricação de cerâmica por etnias de tradição nordestina que viveram no sudeste do Piauí em 6.000 a.C.
Historicamente, o artesão, responde por todo o processo de transformação da matéria-prima em produto acabado. Mas antes da fase de transformação o artesão é responsável pela seleção da matéria-prima a ser utilizada e pela concepção, ou projeto do produto a ser executado.
A partir do século XI, o artesanato ficou concentrado então em espaços conhecidos como oficinas, onde um pequeno grupo de aprendizes viviam com o mestre-artesão, detentor de todo o conhecimento técnico. Este oferecia, em troca de mão-de-obra barata e fiel, conhecimento, vestimentas e comida. Criaram-se as Corporações de Ofício, organizações que os mestres de cada cidade ou região formavam a fim de defender seus interesses.
Revolução Industrial
Com a Revolução Industrial, teóricos do século XIX, como Karl Marx e John Ruskin, e artistas (ver: Romantismo) criticavam a desvalorização do artesanato pela mecanização. Os intelectuais da época consideravam que o artesão tinha uma maior liberdade, por possuir os meios de produção e pelo alto grau de satisfação e identificação com o produto.
Na tentativa de lidar com as contradições da Revolução Industrial, William Morris funda o grupo de Artes e Ofícios na segunda metade do século XIX. Tentando valorizar o trabalho artesanal e se opondo à mecanização. O artesanato antes da Revolução Industrial era a tarefa mais importante.

Publicado 18 de novembro de 2008 por rosidamada em receitas dicas

>FAZENDO BAINHAS   Leave a comment

>Técnicas para fazer bainhas
Antes de começar sua bainha, atente para essas dicas: antes de fazer bainha em uma saia, vestido ou calças compridas, pendure a roupa por um dia em um cabide, para dar mais caimento ao tecido; é possível alisar pequenas rugas na costura de uma bainha com um ferro a vapor; não refaça uma bainha levemente enrugada; primeiro, tente ajeitá-la com o ferro; prendedores de roupa tipo clipe podem ser mais convenientes que alfinetes, para manter uma bainha no lugar enquanto você trabalha nela;
Truques do ofício
As dicas a seguir ajudarão a garantir o sucesso de sua costura. Conserte assim que notar. Quanto mais tempo levamos para consertar algo, pior fica, em termos de pequenos consertos em roupas.
Faça como era antes. Estude a roupa antes de consertá-la, para ver como fazer o cruzamento da linha nos botões com furos, como combinar a linha e os padrões de pontos originais. Passe a ferro. Passar a ferro prepara o tecido para uma costura mais uniforme, ajuda a manter as dobras planas e onde devem estar e facilita para a obtenção de resultados com aparência profissional. Ao passar a roupa, levante e abaixe o ferro com delicadeza, em vez de deslizá-lo para trás e para frente sobre o tecido. Siga as instruções de fábrica. Isto é especialmente importante para remendos, fechos e zíperes.

Publicado 18 de novembro de 2008 por rosidamada em receitas dicas

>E AS VIOLETAS   Leave a comment

>
Cuidados com Violetas
Written by Artesanato on July 22, 2008 – 6:50 pm
LUMINOSIDADE:
A violeta é uma planta de origem africana. Quando foi encontrada estava numa região de bastante luminosidade, onde batia o sol da manhã. Portanto, ela precisa de bastante luz.
Você pode deixar o vaso perto de uma janela ou qualquer outro lugar com bastante claridade. O sol do meio-dia, no entanto, não faz bem a planta.
ÁGUA:
O prato que vem embaixo do vaso serve apenas para proteger seu móvel e não para ficar com água. Quando regar a violeta, espere escorrer toda a água para o pratinho e jogue fora, deixando-o bem seco antes de colocá-lo embaixo do vaso novamente.
É bom lembrar que para regar sua violeta você deve colocar a água no substrato especial (que substitui a terra). Se for borrifar as flores use pouca água. Nas folhas você pode borrifar mais água do que nas flores.
É importante não encharcar o substrato, senão a violeta vai acabar apodrecendo. Com exceção das regiões mais quentes, como Norte e Nordeste, basta que você regue as violetas apenas uma vez por semana.
PLANTA DOENTE:
Se a planta estiver doente, retire-a do vaso e pulverize o substrato com fungicida. Para adubar, utilize um adubo 4/14/8, ou seja, 4 partes de nitrogênio, 14 de fósforo e 8 de potássio. Coloque ao redor da planta e nunca no centro, sem exagerar na quantidade.
Esse adubo é usado para qualquer planta que tenha flor. Para aqueles vasinhos onde normalmente as violetas são vendidas, você deve usar uma colher (café) de adubo, uma vez por mês.
Siga essas dicas e as violetas vão ficar sempre bonitas e saudáveis.

Publicado 18 de novembro de 2008 por rosidamada em receitas dicas

>Dicas, Truques, Receitas   Leave a comment

>Goma caseira
Material necessário
– 1 balde de água, mais uma jarra com água- 1 copo americano para medida- Polvilho doce
Passo-a-passo
Coloque quatro copos de água para ferver na panela. Enquanto isso, prepare a massa: dissolva duas colheres de polvilho em um pouco de água. Misture na água da panela, já fervida. Mexa até engrossar um pouco. Quando engrossar, jogue esta goma no balde cheio de água. Misture bem e está pronta a sua goma caseira. Agora é só mergulhar a camisa nela e dar uma leve torcida. Pendure num cabide.

Publicado 18 de novembro de 2008 por rosidamada em receitas dicas